17 de janeiro de 2017


ALGUMAS CURIOSIDADES

Imagens curiosas que encontrei, relacionadas com os 14 anos de actividade do Team Mini.







11 de janeiro de 2017

FORD ESCORT RS DAVID WOOD
Piloto de créditos firmados, que inclusive havia sido Campeão Nacional de Turismo de série (Grupo 1) em 1971 correndo com o pseudónimo de Dino, Ribeiro de Sousa decidiu para 1973 adquirir em Inglaterra um Ford Escort RS. No entanto, a entrega do carro pelo preparador David Wood, foi sucessivamente adiada, ate que finalmente foi adquirido um Escort com carroceria de 1972. A estreia ocorreu em Agosto no Circuito de Vila do Conde, tendo sido coroada por uma vitória fácil. A oposição, constituída pelos Alfa GTA Jr da Mocar, os Mini 1275 GT da BLP, o Opel 1904 SR da Tofa/GM e os Datsun 1200 da Tabaqueira não era de temer. Curiosamente, a meta foi cortada pelas boxes! O piloto, com um borne da bateria solto ficou sem corrente, e não sabendo que era a última volta resolveu ir à sua Box, cortando a meta pela zona de desaceleração... mas valeu na mesma. 
O Escort-David Wood, participou depois em algumas provas de 1973 e 74 conduzido pelo seu proprietário, tendo vencido no Estoril e em Jarama. Na época de 75, 0 carro esteve parado na Garagem Palma e Morgado tendo apenas de lá saído no fim do ano para participar nas 4 Horas de Jarama, prova a contar para o Europeu de Turismo. Conduzido por Lumaro e Carlos Santos, após um bom desempenho nos treinos o carro teve problemas na prova, tendo a dupla nacional desistido já perto do fim. Em 1976 foi adquirido por António José Oliveira, piloto que havia regressado de Angola onde era um piloto de topo, sobretudo ao volante de BMW. Nesses dois anos foi um dos potenciais vencedores das provas em que participou tendo inclusive vencido algumas e ficando à frente do Porsche Carrera RSR de Robert Gianonne.
Depois de nova paragem em 1978, o carro volta as pistas em 1979, pelas mãos da então grande esperança Jorge Petiz. Foi nesse ano o principal adversário do Porsche de António Barros, tendo terminado o campeonato em 2º, com uma pequena diferença de pontos para o campeão. Em 1980 voltou a fazer urna excelente época culminada com um novo 2º lugar atrás de Barros. Ainda há pouco tempo, Petiz disse ter sido este Escort o seu carro preferido entre todos os que guiou na sua carreira
Nos anos de 1981 e 82 é guiado por António Salvador (Tio do actual piloto de Formula Ford e Montanha Pedro Salvador) que disputa o campeonato de Agrupamento B2 com bons resultados. 





DIÁRIO DE BORDO - Citroen AX GTi  


O Citroen AX GTi #XC-05-05 é um carro com grande palmarés no automobilismo nacional, tendo conquistado dois Troféus Citroen nos anos de 1992 e 1994. Nas 38 provas de Troféu em que participou, venceu 14, tendo averbado por exemplo seis vitórias em Vila do Conde, nas oito provas que lá realizou!
Muitos amigos me perguntam porque é que tendo um carro assim não o coloco a correr no Campeonato Nacional de Legends. Pois a verdade é que… não o penso fazer! O carro poderia facilmente ser preparado para provas. Quase que bastava mudar o “chip” de Troféu para o de Grupo A (tenho os dois), colocar uma baquet e cintos homologados, mas não. Este carro é uma peça de automobilia, é um carro para conduzido com prazer e para ser visto por quem o apreciar em eventos especiais, não para atualizar e “estragar” em corridas.

Infelizmente, pelas notícias que vamos recebendo, muitos automóveis com história no automobilismo nacional têm saído do país nos últimos tempos. Mas este é para ficar cá e vai este ano estar presente em duas provas interessantes, mas certamente nunca mais terá uma oportunidade como a que teve em 2010 de conviver em pista (em Braga e em Vila do Conde) com os dois Volvo 240 Turbo de António Rodrigues e Artur Mendes, pois esses dois carros infelizmente moram já noutras paragens …






10 de janeiro de 2017


CARLOS ANTÃO - 1979

Carlos Antão foi provavelmente o único piloto em Portugal a utilizar um Mini da AUTHI.
O seu AUTHI Cooper chegou a ter montado um turbo, mas foi com a versão sem Turbo que conseguiu um brilhante 2º lugar na prova do Agrupamento B1 (Grupos 2 a 5 até 1300 cc) no Circuito de Vila do Conde de 1979, atrás do Alfa Romeo GTA Jr de Bacelar Moura.




8 de janeiro de 2017


AUTHI E OS MINI ESPANHÓIS

A sociedade AUTHI SA (Automobiles de Turismo Hispano Ingleses) foi fundada em 1966, tendo o primeiro Mini saído da fábrica de Landaben (perto de Pamplona) em Outubro de 1968.
Em Espanha, como em todo o lado, o Mini era o automóvel mais utilizado em provas automobilísticas nos anos 60. Foram vários os pilotos espanhóis que guiaram minis da AUTHI, havendo também alguns privilegiados que podiam possuir Cooper S ingleses. Entre estes, o mais famoso terá sido o catalão José Maria Juncadella, que conseguiu a representação para da Cooper Car Co. para Espanha através da sua equipa a Movi. Aliás os seus carros estavam pintados de amarelo com faixas pretas, isto é, eram iguais aos da equipa inglesa Cooper/Britax de 1969.
Curiosamente o carro de Juncadella (assim como o de muitos outros pilotos espanhóis) era preparado em Portugal por Jaime Nunes Rodrigues. Outro catalão, Miquell Brunells, piloto e mecânico da Movi, fazia maravilhas com um AUTHI 1275 C (“C” de Cooper…), batendo frequentemente carros como os Porsche 911 e Alpine A 110 nas rampas espanholas. Foi um dos primeiros homens a correr na célebre Escuderia Montjuich. Outra equipa importante era a Me-Pre de Madrid, que fazia correr AUTHI, desde os modelos de 850 cc até aos 1300. Os nomes mais sonantes desta equipa eram o conhecido António Albacete (piloto/preparador), que chegou a conduzir um Mini Protótipo e Pedro Deike. 
Na equipa Hispakart (sediada em Valência) do mecânico António Lopez destacaram-se pilotos como Pedro Puche e especialmente Jaime Sanz de Madrid (o mesmo do diabólico NSU TT da Spiess).
Sabendo da imagem desportiva que o mini desfrutava entre os jovens, a própria fábrica criou uma equipa para participar no Nacional de Ralis de 1974. Os pilotos escolhidos foram o conhecido Correcaminos e Yolanda, isto é Simoneta Garih, uma jovem que ganharia nesse ano o campeonato feminino.

Em Portugal o único AUTHI que participou em provas de velocidade foi o 1275 C de Carlos Antão que participou em corridas de Grupo 5, tendo mesmo ensaiado a montagem de um Turbo no seu mini, mas sem grande sucesso, apesar de um 2º lugar em Vila do Conde 1979. 




























Imagens retiradas do grupo do Facebook
MINIS ESPAÑOLES DE COMPETICION"

6 de janeiro de 2017

TEAM MINI 2003 / 2017





2016 - CIRCUITO DE BRAGA


2015 - CIRCUITO DE VILA REAL


2014 - CIRCUITO DE BRAGA


2013 - CIRCUITO DA BOAVISTA


2012 - RAMPA DO LUSO - BUSSACO


2011 - CIRCUITO DA BOAVISTA


2010 - CIRCUITO DE VILA REAL


2009 - SPRINT MACEDO DE CAVALEIROS


2008 - INAUGURAÇÃO DO ALGARVE


2007 - CIRCUITO DA BOAVISTA


2006 - CIRCUITO DE BRAGA


2005 - CIRCUITO DA BOAVISTA


2004 - CIRCUITO DE BRAGA


2003 - RAMPA SRA DA GRAÇA